top of page

Marketing de conteúdo - Uma estratégia para impactar seu público

Já não mais se vive na época em que as pessoas eram obrigadas a assistir aos mesmos e cansativos comerciais de televisão. Hoje em dia, o público é capaz de decidir o tipo de conteúdo que quer consumir e mediante a essa realidade, cabe às marcas produzirem um conteúdo que se adeque a esta necessidade.


Conceitos gerais do marketing de conteúdo:

O marketing de conteúdo é uma estratégia mercadológica utilizada por empresas que desejam ampliar sua rede de clientes. É realizado a partir da criação de conteúdos relevantes que envolvam, atraiam e gerem valor às pessoas impactadas, a fim de desenvolver uma percepção positiva da marca e consolidá-la como referência no mercado.

Ao aplicar o marketing de conteúdo, as vendas, que são o objetivo primário de um negócio, deixam de ser o foco principal das ações adotadas, tornando-se consequência do processo. Para que esta estratégia seja efetiva, é preciso conhecer o público-alvo da marca, de modo que o conteúdo produzido forneça algum benefício ao leitor, seja na resolução de problemas, na transmissão de conhecimentos ou no esclarecimento de dúvidas. Ao oferecer um material de qualidade que supere as expectativas das pessoas, elas serão instigadas a compartilhá-lo, aumentando assim o alcance da empresa.



Metodologia Inbound:

O Inbound Marketing engloba estratégias mercadológicas que busquem captar o interesse das pessoas de maneira sutil e não invasiva. Também é conhecido como marketing de atração, em que, ao contrário de estratégias tradicionais, o cliente é quem busca a empresa e a partir desta aproximação se realiza um trabalho de relacionamento personalizado para a pessoa. Esta metodologia se apoia em quatro princípios: atrair, converter, vender e encantar. A partir destes princípios, a estratégia de marketing de conteúdo pode ser realizada. Através de conteúdos relevantes, possíveis clientes são atraídos à marca. Estas pessoas devem ser convertidas em oportunidades de negócio, isto é, em leads. Após a apresentação do produto ou serviço como solução para estas oportunidades de negócio, deve- se realizar o procedimento de venda. A relação entre a empresa e o cliente não termina após a compra, um relacionamento duradouro entre as duas partes deve ser estabelecido, em que a marca oferece todo o suporte necessário, encantando o cliente com materiais atrativos e com um atendimento competente.



Principais vantagens do marketing de conteúdo:

   O marketing de conteúdo gera Brand Awareness (consciência da marca).

A produção de conteúdo contribui para que mais pessoas reconheçam sua marca e conheçam os produtos e/ou serviços que sua empresa oferece. Desta forma um leitor assíduo de seu blog, vai preferir o seu produto ou serviço quando for realizar uma compra.

   O marketing de conteúdo educa o mercado.

Nem sempre o público entende o mercado no qual uma empresa está inserida, ou para que servem seus produtos. Deve-se ter como missão produzir conteúdo que responda às dúvidas dos clientes, ensinando-os o que precisam saber para tomar a decisão de compra por conta própria. É importante que o conteúdo seja de qualidade, para que o cliente compre seu produto com consciência e saiba como utilizá-lo.

   O marketing de conteúdo reduz o Custo de Aquisição de Clientes (CAC).

O custo de aquisição de clientes (CAC) revela o quanto uma empresa gasta em média para adquirir um novo cliente. Se a empresa investe em Marketing de Conteúdo, novos potenciais clientes acessarão seu site de forma orgânica e recorrente, sem que seja preciso gastar muito para isso.

   O marketing de conteúdo também gera vendas, impulsiona a geração de leads entre outras vantagens.


Personas e a geração de bons resultados:

Para gerar bons resultados é imprescindível planejar boas estratégias. Deve-se ter em mente que o marketing de conteúdo vai além de escrever um bom texto em um blog ou gravar um vídeo para uma mídia social. É preciso saber o que escrever, quando e onde publicar, o formato que vai utilizar, a persona que se deseja atingir e qual resultado se pretende alcançar. Os objetivos devem ser mapeados e as metas bem definidas para que o marketing de conteúdo traga bons resultados.

Outro passo fundamental é conhecer o público-alvo e definir uma persona. No marketing de conteúdo não se deseja atrair qualquer pessoa para o site, é ideal que o consumidor do material digital seja uma pessoa que realmente possua perfil para se tornar um cliente. Desta forma, o planejamento deve ser fundamentado no conhecimento sobre a(s) persona(s) desenvolvida(s), buscando ajudá-la(s) em todas as suas dores e conduzi-la pelo funil de vendas. O conceito de persona é diferente do de público-alvo. O público-alvo é baseado em um grupo demográfico que se procura atingir, já a persona é uma descrição semi-fictícia do cliente ideal.


Exemplo de Persona:

“Persona Heloize, uma jovem universitária de 23 anos que trabalha meio expediente como assessora de parcerias, gosta de sair aos finais de semana com suas amigas, preza pela saúde do seu bolso buscando economizar sempre, e lê blogs de beleza e alimentação saudável à procura de dicas práticas que possa replicar sozinha.”


Como a persona possui uma caracterização mais detalhada, ela permite ações mais certeiras, como produzir um conteúdo perfeito para ajudar mulheres como a Heloize.



Ademais, para a realização de ações de marketing eficientes, é importante ponderar a respeito da linguagem e da abordagem que serão utilizadas, como também na imagem que a empresa transmite, e a que deseja transmitir, para sua persona.


Lembre-se: qualidade é mais importante do que quantidade!


Autora: Heloize Andrade

28 visualizações

Posts recentes

Ver tudo

Comments


bottom of page