• saeqaufsc

Veganismo ascendente: como se adaptar?


É cada vez mais comum vermos restaurantes com opções veganas em seu cardápio. Mas qual é o porquê disso?

No Brasil, estima-se que 14% da população (aproximadamente 30 milhões de pessoas em 2018, segundo o IBOPE) seja vegetariana e esse número só tende a crescer!


O que é o movimento vegano?


O veganismo, diferentemente do vegetarianismo, é mais do que simplesmente uma dieta alimentar diferente, é um modo de viver. Definido pela Vegan Society como:


“Um modo de viver que busca excluir, na medida do possível e praticável, todas as formas de exploração e crueldade contra os animais – seja na alimentação, no vestuário ou em outras esferas do consumo.”


Fonte: Tudo Gostoso.


Estima-se que entre 4 e 7 milhões de brasileiros se consideram veganos, segundo o site Veja Saúde. Com certeza, o aumento da globalização, e consequentemente, o maior acesso a informações vêm contribuindo para o crescimento e disseminação desse modo de viver.


Mas as pessoas veganas só comem plantas?

Inquestionavelmente, esse é um preconceito muito disseminado por pessoas que não conhecem esse movimento. Hoje em dia, a indústria alimentícia está investindo altamente em inovação para produzir alimentos veganos cada vez mais parecidos com os não veganos.

A aposta atual dessa indústria são os alimentos “Plant Based” (em tradução livre, à base de plantas). Esses alimentos têm sabor e textura semelhantes aos produzidos usualmente com carne. É importante salientar que o Plant Based, assim como o veganismo, é uma filosofia de vida na qual seus adeptos procuram seguir uma alimentação mais saudável baseada em frutas e outros alimentos naturais.

Uma nova tecnologia que está buscando seu espaço nessa indústria é a impressão de carne vegana 3D. Essa impressão consiste em imprimir o alimento vegano a partir de bases (nutrientes, massas, entre outras).


Qual o papel do engenheiro no desenvolvimento desse tipo de alimento?

Como dito anteriormente, esse movimento não utiliza nenhum tipo de produto de origem animal e isto inclui: carnes em geral, embutidos, pele, cartilagens, laticínios, ovos, frutos do mar, mel, insetos e até açúcares refinados que utilizam farinha de osso! Portanto, é imprescindível ter o máximo de cuidado para que o seu alimento vegano seja aprovado pelas instituições competentes.

Por ser uma pauta relativamente nova, de acordo com o site Yahoo, estão sendo criadas algumas consultorias para empresas que gostariam de ingressar nesse ramo lideradas por engenheiros de alimentos/químicos. De fato, este alimento necessita de ser preparado separadamente dos não-veganos. De acordo com a Fluxo Consultoria, os únicos equipamentos que podem ser compartilhados no preparo de alimentos veganos e não veganos são os utensílios e a bancada, ambos muito bem higienizados antes do uso, a fim de evitar contaminação cruzada.

Ademais, de acordo com a engenheira de alimentos Lorena Coimbra em entrevista para o site Yahoo, a variedade de proteínas vegetais utilizadas como base para a produção de alimentos veganos encontrada é bem maior do que no passado. Ela ainda afirma que a produção desses alimentos é bem complexa e requer vários testes e estudos, e é nesse momento que entra o papel do engenheiro. Esses testes envolvem todas as características do alimento, desde textura, sabor, aparência e cheiro até a crocância e estrutura química e morfológica do alimento.



Mas como sabemos realmente se o produto é vegano?

No Brasil, diferentemente de outros lugares do mundo, como a União Europeia, não temos uma certificação específica para esse tipo de produtos. Porém, a Sociedade Brasileira Vegetariana emite um “Selo Vegano” mediante pagamento de taxa para controle dos alimentos veganos. Portanto, para pessoas veganas, é de costume e é necessário ler os ingredientes do rótulo antes de comprar qualquer produto, além de pesquisar sobre a marca antes para saber os valores da mesma.



Se interessou sobre o assunto? Na SAEQA 2021, que ocorrerá de 09/08 à 13/08, você pode encontrar mais tópicos como esse e muitos mais! O evento contará com palestras, minicursos, visitas técnicas virtuais, entre muitas outras! Confira mais no nosso site e no Instagram @saeqaufsc


Texto escrito por: Lais Leite Figueredo



Referências:

SETTIN, Alexandra. Desenvolvimento de alimentos veganos tipo “queijo” e tipo “requeijão.” Ufrgs.br, 2012. Disponível em: <https://lume.ufrgs.br/handle/10183/72766?locale-attribute=en>. Acesso em: 21 Jun. 2021.


GIORGIA CAVICCHIOLI. Pensando no futuro, engenheira de alimentos cria consultoria de produtos veganos. Yahoo.com. Disponível em: <https://esportes.yahoo.com/noticias/pensando-no-futuro-engenheira-de-alimentos-cria-consultoria-de-produtos-veganos-131854355.html?guccounter=1&guce_referrer=aHR0cHM6Ly93d3cuZ29vZ2xlLmNvbS8&guce_referrer_sig=AQAAAGbWnyo_f1HvOzvGjPOCxtcYrd89gyy543ug6uVVoe0BJLDmr9qzpyMSRCJeskoz6DeQvofN3-vDTI_kKcM6dgPq5-eiM0gm3mPcgTDLvn0_maxXaNx2brWaXTDbHQAvY0Zqq0BTLWacFp6bgPzwk4AXxlqNLFt3CUfoMdcCqyhY>. Acesso em: 21 Jun. 2021.


Como montar um prato vegetariano equilibrado: veja as dicas. Blog Tudogostoso. Disponível em: <https://blog.tudogostoso.com.br/materia/prato-vegetariano-equilibrado/>. Acesso em: 21 Jun. 2021.


BUSQUEIRO, Karina. Veganos – saiba como atender as necessidades desse público! | Ai9. Ai9. Disponível em: <https://ai9tec.com/mercado-magistral-vegano/>. Acesso em: 21 Jun. 2021.


NÓBREGA, Nina. Desenvolver produto vegano: o que você precisa saber? Fluxo Consultoria - Consultoria em Engenharia da UFRJ. Disponível em: <https://fluxoconsultoria.poli.ufrj.br/blog/desenvolver-produto-vegano-o-que-saber/>. Acesso em: 21 Jun. 2021.


BETA EQ. Produtos Veganos e Engenharia Química (de Alimentos). Slideshare.net. Disponível em: <https://pt.slideshare.net/BetaEQ/produtos-veganos-e-engenharia-qumica-de-alimentos>. Acesso em: 21 Jun. 2021.


O poder do marketing no mercado vegano. Veganismo e tudo sobre o mercado vegano! Disponível em: <https://veganbusiness.com.br/o-poder-do-marketing-no-mercado-vegano/>. Acesso em: 21 Jun. 2021.


5 estratégias de marketing digital para negócios veganos. Veganismo e tudo sobre o mercado vegano! Disponível em: <https://veganbusiness.com.br/5-estrategias-de-marketing-digital-para-negocios-veganos/>. Acesso em: 21 Jun. 2021.


2 visualizações